A RELAÇÃO ENTRE O DESJEJUM, SOBREPESO E DIFICULDADE DE EMAGRECER

Abir Youssef Mohsen, Clenise Capellani dos Santos

Resumo


O desjejum é responsável pela reposição de energia e nutrientes “gastos” pelo organismo durante o sono. As pessoas devem evitar o hábito de não tomar o café da manhã, que acaba sendo responsável pelo consumo excessivo de alimentos durante o dia, contribuindo assim para o aumento de peso. E a Síndrome do Comer Noturno, por sua vez, se manifesta por comer excessivamente à tarde ou à noite, mas não compulsivamente, apenas por aumento da vontade de comer. A presente pesquisa tem como objetivo Avaliar o consumo do desjejum na população em um posto de saúde na cidade de Foz do Iguaçu – PR, fazendo relação com o índice de massa corporal. O estudo é caracterizado como descritivo, tendo sido entrevistadas 54 pacientes, sendo todas do sexo feminino de 20 a 60 anos de idade. Para essa pesquisa foi avaliado o índice de massa corporal, classificando o índice de massa corporal e aplicado um questionário para avaliar o perfil dos funcionários. Os resultados mostraram que 57,4% das entrevistadas foram classificados como obesidade leve, moderada ou mórbida. Entre as participantes acima do peso evidenciou-se que 74,2% não tomam o café da manhã, e 22,6% costumam acordar diariamente ou eventualmente de madrugada para comer. Os resultados sugerem um perfil negativo nos resultados de índice de massa corporal e no consumo do café da manhã. A alimentação tem influência direta na saúde, no rendimento do trabalho, estudos, no humor e no cotidiano de uma forma geral.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.