Principais Queixas Relacionadas ao Uso Excessivo de Dispositivos Móveis

Jayne Luana Guterres, Francielly da Silva Schmitt, Lucia Carolina de Oliveira, Claudia D. da Silva Simon, Anália Rosário Lopes

Resumo


Com a generalização dos dispositivos móveis de tecnologia e comunicação vem aumentando as queixas relacionadas a dores e desconfortos no corpo. O uso excessivo desses pode causar inúmeras patologias. O objetivo desta pesquisa foi relatar as principais queixas musculoesqueléticas dos usuários relacionadas a utilização de dispositivos móveis. Método: O estudo é do tipo quantitativo, observacional transversal, cuja coleta de dados foi realizada nos meses de setembro e outubro de 2016, em uma instituição de ensino superior localizada no município de Foz do Iguaçu, PR. Resultados: Participaram do estudo 100 indivíduos, com média de idade de 25 anos.
As queixas musculoesqueléticas mais frequentemente relatadas pelos participantes foram: pescoço (49,4%), punhos e mãos (37,9%), ombros (28,7%) e região lombar (18,4%). Dos entrevistados 29% utilizam a posição de inclinação de pescoço de 15° no uso do celular e tablet. E a posição mais utilizada no uso do notebook foi a postura deitada com leve flexão do tronco (57%). Considerações finais: As principais queixas  musculoesqueléticas relacionadas ao uso excessivo de dispositivos móveis foram em pescoço e membros superiores. Apesar da ausência de análise estatística, pôde-se observar que há uma relação entre a posição corporal utilizada pelos participantes com as principais queixas relatadas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.