Um Olhar Epistemológico sobre o Ensino da Matemática para Alunos Surdos

Gisele Adriana de Mello Colaço, Reginaldo A. Zara

Resumo


Este artigo apresenta reflexões epistemológicas sobre o ensino de matemática para alunos surdos e pretende explicitar alguns aspectos relevantes da produção de conhecimentos na área da surdez, abordando pontos como sujeito e objeto no processo de conhecimento. Para isso é utilizada uma pesquisa de caráter bibliográfico seguida da análise de resumos de teses e dissertações produzidas na área da surdez e disponibilizadas no Banco de Teses e Dissertações da CAPES. Como resultado, percebe-se que a maior parte das pesquisas na área da educação de Surdos é oriunda das inquietações dos professores-pesquisadores em sua prática docente, e que o produto destas pesquisas vem contribuindo para a construção de novas metodologias para o ensino dos Surdos¹. Além disso, embora identificados progressos na produção do conhecimento científico na área de ensino de alunos com surdez, especificamente no ensino de Matemática para surdos, ressalta-se a necessidade de intensificar pesquisas neste campo, aumentando a quantidade e melhorando a qualidade da pesquisa.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.